É só o vento lá fora
“Morro de medo de perder você. Sabe, se a gente se perder eu nem sei. É que me descobri e ganhei uma parte de mim de volta quando te conheci. Não sei dizer o quanto te amo. O amor não cabe no meio das letras: ele ocupa um espaço inteirinho dentro do coração. E isso faz a minha vida muito mais feliz.”

Mas e quando você está na pior, quando está totalmente acabado e sozinho, quem está lá com você? Aposto que nunca é quem você imaginava. Então pare e olhe ao seu redor, quem está com você? É nessas pessoas que você precisa focar.

Demografar (via re-amar-te)
Homem magoa, mas mulher quando quer, destrói.
Álcool não resolve sua vida. Mas e daí né, leite também não.
Se você precisa provar que é, então você não é.

Bonitas mesmo somos quando ninguém está nos vendo. Atirada no sofá, com uma calça de ficar em casa, uma blusa faltando um botão, as pernas enroscadas uma na outra, o cabelo caindo de qualquer jeito pelo ombro, nenhuma preocupação se o batom resistiu ou não à longa passagem do dia. Um livro nas mãos, o olhar perdido dentro de tantas palavras, um ar de descoberta no rosto. Linda.

Martha Medeiros. (via inverbos)

Engole um espelho e aprende que bonito é o que temos por dentro.

— Caio Fernando de Abreu (via contempus)
Gosto de pessoas engraçadas, não de idiotas.

No meio da euforia, aquele alguém me protegia.

Tiê.   (via subentende-se)